Abracrim Goiás lança cartilha sobre direitos e conquistas das mulheres


O presidente da Abracrim em Goiás, Alex Neder, destacou a importância do lançamento da cartilha por ser um forte instrumento de resgate da cidadania da mulher vítima de todas as espécies de violência

0

Março, mês em que é comemorado o “Dia Internacional da Mulher”, já deu início à série de atividades que são realizadas anualmente para o fortalecimento da causa. Entre as atividades, foi realizado, na tarde desta sexta-feira (2), no auditório Solón Amaral, da Assembleia Legislativa, o lançamento da Cartilha da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim) em Goiás “Direitos da Mulher X Feridas que Afloram Conquistas”.

São 60 mil exemplares que serão distribuídos em locais como escolas, delegacias e residências em todo o Estado de Goiás e, em breve, em todo o Brasil, já que o modelo será levado à Abracrim Nacional para inspirar outros estados brasileiros.

A iniciativa foi da Presidente da Comissão de Proteção de Direitos Humanos da Abracrim-Go, Lorena Ayres, e contou com a ajuda e participação da Presidente da Comissão de Proteção das Prerrogativas da instituição Márcia Póvoa e da Ouvidora estadual da Abracrim Luciana Valle.

Para o lançamento, foi organizada uma mesa redonda de debates na Assembléia Legislativa de Goiás, para discussão sobre a Lei Maria da Penha e sobre a cartilha, que é um meio eficiente de orientar as mulheres, principalmente das classes sociais mais humildes, a terem conhecimento dos mecanismos que a legislação dispõe para que elas possam se defender de agressões diversas.

O presidente da Abracrim destacou a importância do lançamento da cartilha, por ser um forte instrumento de resgate da cidadania da mulher vítima de todas as formas de violência, pois com a cartilha elas mulheres terão como se orientar para buscar ajuda das autoridades policiais dentre outras, para protegerem-se de agressões diversas.O evento foi prestigiado por várias autoridades.

Compuseram a mesa o deputado Simeyzon Silveira, que foi o anfitrião cedendo espaço da Assembléia Legislativa para o evento; o presidente da OAB-GO Lúcio Flávio Paiva; Alex Neder, Presidente da Abracrim-Go; a desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis, presidente da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar; deputada Isaura Lemos; e a promotora de Justiça Rúbian Correa Coutinho.

Durante o evento, todos discursaram e elogiaram a iniciativa da Abracrim-Go, por ser a cartilha forte instrumento de defesa da mulher vítima de violência.

Lorena Ayres, que coordenou todo o evento, fez a apresentação da cartilha destacando sua importância para as mulheres, reafirmando que o evento seria o incio de uma campanha da Abracrim que irá muito além, no sentido de apoiar, orientar e auxiliar as vitimas de violência.

Na ocasião, a Abracrim entregou à vereadora por Goiânia, Dra. Cristina (PSDB), uma placa em reconhecimento à contribuição dada por ela na defesa dos direitos da mulher. Aos 20 anos de idade, Cristina Lopes foi vítima de uma tentativa de homicídio por parte do ex-namorado, inconformado com o fim do relacionamento.

Após a recuperação das 24 cirurgias realizadas por ter tido 85% do seu corpo queimado pelo seu agressor, adotou, como missões de vida, a luta pelos direitos do queimado e o combate à violência contra a mulher. Os participantes também receberam placas pelo reconhecimento da iniciativa.

Com informações do site Rota Jurídica

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.