Connect with us

Política

Ações de Improbidade Administrativa contra Marconi Perillo somam R$ 12,6 bilhões

Published

on

O Ministério Público de Goiás move 32 ações por ato de improbidade administrativa contra o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB). As ações, distribuídas para as várias varas da Fazenda Pública estadual goiana, têm como valores de causa a importância de R$ 12,6 bilhões, que é o levantamento dos prejuízos causados pelos supostos atos ilícitos praticados por Perillo à frente do Governo de Goiás nos últimos dois mandatos.

Entre essas ações de improbidade, Marconi responde pela não aplicação de recursos públicos na área da saúde e da educação durante os anos de 2011 a 2017. Segundo o MP-GO, o tucano teria deixado de aplicar mais de R$ 2 bilhões na educação estadual e outros R$ 558 milhões na pasta da saúde.

Recentemente, o Ministério Público, por meio da 78ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, interpôs 21 ações de improbidade contra Perillo em virtude de renúncias fiscais irregulares em favor de empresas do setor sucroalcooleiro. Marconi também responde pela remissão fiscal irregular concedida à empresa JBS/Friboi em 2014, no valor de quase R$ 1 bilhão.

Na área penal, Marconi Perillo responde por crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Em uma das ações, que corre na 11ª Vara da Justiça Federal em Goiás, Perillo é acusado de receber propinas para beneficiar a empreiteira Odebrecht em contratos de serviços de saneamento no Estado.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator