Advogado de Marconi Perillo é condenado à prisão por desvios na UEG


João Paulo Brzezinski, advogado que patrocina as ações do ex-governador contra jornalistas, blogueiros, políticos e tuiteiros em Goiás, é acusado de formação de quadrilha, peculato e lavagem de dinheiro.

0

O advogado João Paulo Brzezinski, conhecido por representar o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) nas ações cíveis movidas contra jornalistas, políticos, blogueiros e tuiteiros em Goiás, foi condenado a 6 anos de prisão em ação penal que tramita na 11ª vara criminal de Goiânia. A sentença é da juíza Bianca Melo Cintra.

João Paulo responde, juntamente com o ex-reitores da Universidade Estadual de Goiás (UEG) José Izecias e Luiz Antônio Arantes, pelos crimes de formação de quadrilha, peculato e lavagem de dinheiro em decorrência de desvios de recursos da universidade na campanha eleitoral de 2006.

De acordo com denúncia do MP-GO, o esquema de corrupção desviou R$ 425,3 mil, que teriam beneficiado a campanha de José Izecias para deputado federal. As informações foram publicadas pelo blog da jornalista Fabiana Pulcineli, do jornal O Popular.

Também foram condenados Carlos Roberto Silva, servidor comissionado da universidade, Paulo Henrique Sahium, tecnólogo em processamento de dados, e Francisco Afonso de Paulo, ex-coordenador de contratos e convênios da UEG. O ex-prefeito de Anápolis Pedro Sahium, irmão de Paulo, foi absolvido. Os condenados podem recorrer da sentença.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.