Alexandre Baldy (PP) chama o senador Jorge Kajuru de “vigarista” e diz que o pessebista cobra dinheiro para se calar


A chapa esquentou de vez entre o ex-ministro das Cidades no governo Temer e o agora senador goiano pelo PSB. A troca de farpas ocorreu no Twitter e Baldy prometeu levar Kajuru aos tribunais

0

O secretário de Transportes do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy (PP), que também ocupou o cargo de ministro das Cidades no governo Temer, perdeu as “estribeiras” com o senador goiano Jorge Kajuru (PSB). Tudo começou com as supostas ameaças do senador quando soube que Baldy poderia ser indicado para ocupar o cargo de ministro das Cidades do atual governo.

“(Rodrigo) Maia não vai indicar ministro. Se indicar Baldy, denuncio na tribuna tudo sobre transportes e placas no Brasil; Arthur e a empresa ITSH; A delação de Arthur que vem aí é sobre o Detran Goiás. Bolsonaro não vai querer se associar ao Maia e cia!”, (sic) escreveu Kajuru na sua conta no Twitter no último dia 11.

Noutro post, Kajuru diz que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), mentiu quando disse que não liberaria Baldy para o Governo Federal. Segundo o senador do PSB, foi o Governo Federal que desistiu do nome de Baldy depois que ele, Kajuru, entregou a “capivara” (folha corrida) do secretário paulista ao presidente Jair Bolsonaro.

Indignado, Alexandre Baldy tentou responder o senador na plataforma digital, mas foi bloqueado por Kajuru. “Me bloqueando, Kajuru demonstra que não tem coragem de debater, aproveita-se do monólogo para desferir palavras que deseja, mas tem medo de me enfrentar”, escreveu Baldy.

“Mesmo me bloqueando, Kajuru, aguardo. Denuncie as ameaças que faz e continua escrevendo em minhas costas. Não tem coragem de enfrentar de frente seu vigarista! Não tenho medo de placa Mercosul, de empresas que relacionam com Governo, NÃO TENHO RABO PRESO como você tem”, continuou.

Baldy afirmou, ainda, que vai exigir na justiça que Kajuru prove as acusações que fez e mais uma vez o chamou de vigarista.

“Kajuru, espero que tenha advogado, pois frequentará o Tribunal, para provar cada fala que profere, ainda como legislador, deveria conhecer as leis para abrir esta tua boca porca. Mas como é um belo vigarista, que cobra dinheiro para se calar, aprenderá na justiça sobre leis”, prometeu.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Deixe um comentário