Ana Carla Abrão, ex-secretária da Fazenda, critica o Governo de Goiás e diz que faltam investimentos e planejamento no Estado


A economista disse que a crise na segurança pública em Goiás decorre da falta de investimentos e planejamento e que o desequilíbrio fiscal afeta o futuro do Estado

0

A ex-secretária da Fazenda do Governo Marconi Perillo entre 2015 e 2016, Ana Carla Abrão, hoje economista sócia da Consultoria Oliver Wyman, disse ao jornal Valor Econômico que a falta de planejamento e investimentos por parte do governo de Goiás é uma das causas da grave crise na segurança pelo qual passa o Estado, assim como acontece no Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte.

“Se não corrigirmos o problema estrutural que hoje afeta os Estados brasileiros, vamos assistir a problemas desse tipo no país todo, como já vimos pipocar no Rio Grande do Norte e em Goiás”, disse a economista.

O governo goiano enfrentou em janeiro uma crise no sistema penitenciário, com três rebeliões em cinco dias. No Rio Grande do Norte, onde as Forças Armadas dão apoio à segurança local desde fim de dezembro, o governo estadual decretou em janeiro estado de calamidade na segurança pública.

São situações, diz Ana Carla, em que os serviços públicos estão sentindo falta de investimento e de planejamento característica de desequilíbrio fiscal mais profundo. Se a crise não for na segurança, diz, será na saúde ou na educação, com a deterioração dos índices de qualidade, comprometendo o futuro do país e das pessoas que mais dependem dos serviços públicos.

 

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.