Caiado reafirma que vai quitar salário de janeiro antes de pagar dezembro de 2018


Governador de Goiás falou pelas redes sociais e disse que busca formas jurídica e financeira para quitar todos os compromissos imediatos deixados pelo governo anterior.

0

O Governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), voltou a reafirmar, em pronunciamento nas redes sociais na noite de hoje, 8, que vai pagar o salário do mês de janeiro de 2019 dos servidores estaduais antes de quitar o salário de dezembro de 2018, deixado em aberto pelo governo anterior. De acordo com o chefe do executivo goiano, a dívida imediata, sem nenhuma provisão de caixa, chega a R$ 3,4 bilhões.

O democrata não poupou críticas aos governos tucanos de Marconi Perillo e José Eliton e disse, sem meias palavras, que Goiás foi roubado por praticamente 20 anos e que a situação do Estado é falimentar.

Caiado informou, ainda, que até o dia 28 de janeiro quitará a folha deste primeiro mês da sua gestão e que assim que houver recursos disponíveis e condição jurídica para quitar dezembro o fará.

“A situação é a pior possível, mas eu tenho disposição e coragem para enfrentá-la. Não vou me furtar ao dever de cumprir os compromissos que são do governador, podem ter certeza”, afirmou.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Deixe um comentário