Candidato de Marconi Perillo não emplaca e base aliada já admite rifar Zé Eliton

0

Em campanha há aproximadamente três anos, o vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), o candidato da base do governador Marconi Perilo ao governo de Goiás em 2018 revela-se um grande fiasco. Mesmo estrelando programas como o Goiás na Frente, que empenhou cerca de R$ 800 milhões para projetos nos 246 municípios  goiano, Zé Eliton foi o grande fiasco da primeira pesquisa Serpes, vazada na manhã de hoje, 5, nas redes sociais.

De acordo com a pesquisa, que não foi divulgada oficialmente, o candidato tucano, o ungido de Perillo, aparece com míseros 6,2% das intenções de voto, bem atrás de Daniel Vilela, o pré-candidato do PMDB, que tem 12,1%. Pelo levantamento, o senador Ronaldo Caiado (DEM) está disparado na frente e venceria no primeiro turno com 44% da preferência do eleitorado goiano.

A pesquisa cai como uma bomba no ninho tucano. A decepção é tamanha que ninguém esconde mais a possibilidade da base aliada indicar um outro candidato. O mais cotado, nos bastidores, seria o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, José Vitti. Até os mais otimistas aliados de Zé Eliton já começam a admitir o recuo da candidatura do braço direito de Marconi Perillo.

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Deixe um comentário