Com a escolha equivocada de Caiado, emedebistas dissidentes podem voltar para Daniel Vilela


O democrata anunciou o marconista Lincoln Tejota para a vaga de vice na sua chapa majoritária. Escolha decepcionou aliados e militância, que não pouparam críticas ao senador nas redes sociais

0

A pré-candidatura de Daniel Vilela (MDB) ganhou um ingrediente que pode mudar os rumos da eleição majoritária em Goiás. Na manhã de hoje, 12, o senador Ronaldo Caiado (DEM), líder nas pesquisas de intenção de votos, anunciou o deputado estadual Lincoln Tejota (PROS) para o cargo de vice na sua chapa majoritária. A notícia foi muito mal recebida por aliados e militância.

As críticas ao democrata residem no fato de que Tejota é um antigo e fiel aliado de Marconi Perillo (PSDB), ex-governador do Estado por quatro mandatos, que sempre integrou a base do governo e, por conseguinte, corroborou com tudo que hoje é criticado por Ronaldo Caiado, como os rombos nas contas púbicas do Estado, por exemplo.

Para militantes e analistas, Caiado não poderá, daqui pra frente, fazer uso do discurso de renovação, nem tampouco de oposição verdadeira, já que terá como vice um autêntico marconista, que por dois mandatos defendeu, com unhas e dentes, os interesses de Perillo na Assembleia Legislativa.

Diante disso, Daniel Vilela herda a exclusividade desse discurso e, se conseguir se manter longe de outros fisiológicos e oportunistas que estão abandonando o barco da base do atual governador José Eliton, pode, perfeitamente, oxigenar sua campanha e trazer de volta os companheiros que optaram por apoiar Caiado e com eles um percentual considerável de votos capazes de levá-lo ao segundo turno.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.