“Como um governo que não dá conta de pagar a conta de luz quer continuar governando?”, pergunta Daniel Vilela


Pré-candidato do MDB se manifestou nas redes a respeito do corte de energia elétrica dos espaços públicos sob responsabilidade do Estado, entre eles o Estádio Olímpico e Autódromo Internacional

0

Para o pré-candidato do MDB ao governo de Goiás, Daniel Vilela, o corte de energia elétrica dos espaços públicos sob a responsabilidade do governo de Goiás, feito hoje pela concessionária de energia elétrica em Goiás, Enel, é a prova cabal da falência do governo tucano de Marconi Perillo e José Eliton.

“Se uma administração não consegue pagar nem a conta de luz, é porque tem algo muito errado. Sem gestão, este governo está literalmente no escuro”, escreveu Vilela.

Daniel Vilela disse, ainda, que é uma vergonha para todos os goianos esse corte de energia que atingiu o Ginásio Rio Vermelho, Estádio Olímpico e Autódromo Internacional de Goiânia, principalmente porque nessas praças de esporte estavam previstos eventos que não mais poderão ser realizados.

“Como um governo que não dá conta de pagar a conta de energia desses locais quer continuar governando o Estado? Isso é uma vergonha!”, afirmou.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.