Dona Íris acredita que o eleitor privilegiará candidatos realmente fichas limpas


A candidata a deputada federal pelo MDB diz que o novo congresso, a ser eleito em outubro próximo, terá a grande responsabilidade de resgatar a credibilidade da política brasileira

0

Ex-presidente do MDB regional e nacional, senadora por quase um e ano e deputada federal por dois mandatos, Dona Íris de Araújo acredita que a operação Lava Jato mudou os paradigmas da política brasileira e que o eleitor será muito mais exigente na hora de dar o seu voto nas próximas eleições.

Candidata a uma das vagas para a Câmara Federal, Dona Íris entende que a ficha dos candidatos terá um grande peso na escolha do eleitor, que já fixou na sua consciência a necessidade de ter  essa responsabilidade com o destino do seu Estado e do seu País, e que na hora de depositar o voto na urna a vida pregressa dos candidatos terá um enorme peso na decisão do eleitor, seja para eleger representantes a cargos do executivo ou legislativo.

Segundo a emedebista, que tem mais de 50 anos de vida pública, a operação Lava Jato descortinou fatos que trouxeram muita decepção ao povo brasileiro, o que fez com que boa parte da população se mostre agora absolutamente descrente com a política, fato que, de acordo com Dona Íris, é prejudicial para a democracia. Para a atual primeira dama de Goiânia, os eleitos em outubro próximo terão a grande responsabilidade de resgatar a credibilidade da política e da própria democracia brasileira.

“Infelizmente, o povo está descrente com a política no nosso País. Mas é visível, também, que esse mesmo povo tem a consciência de que a forma de mudar a nossa realidade é elegendo bons políticos. Se por um lado o cidadão mostra-se descrente com aqueles políticos que se locupletaram do erário, que agiram por interesses próprios, em detrimento dos interesses da população, por outro, esse mesmo eleitor está disposto a nomear como seu representante àqueles que já deram provas de ilibado comportamento moral e ético na política”, aponta.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.