Dona Íris, candidata a deputada federal, inaugura comitê de campanha na tarde desta quinta-feira, 23


Com mais de 50 anos de vida pública e num momento em que a classe poítica experimenta um total descrédito junto à população, Dona Íris apresenta-se ao eleitorado como uma autêntica ficha limpa, avalizada pelo fato de jamais ter sido citada em listas e/ou delações premiadas

0

A candidata a deputada federal pelo MDB, Dona Íris de Araújo, um dos principais nomes do partido, inaugura na tarde desta quinta-feira, 23, o seu comitê de campanha. O local escolhido para abrigar a coordenação de campanha e receber aliados e militância foi o prédio localizado na Avenida Anhanguera, nº 6.540, no Setor Aeroporto. O evento está previsto para começar às 18 horas.

A primeira dama de Goiânia marcou o início da sua campanha com uma caminhada pela Avenida Central, no Jardim Nova Esperança, região noroeste de Goiânia, na semana passada. Acompanhada do marido, Iris Rezende, do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, de Daniel Vilela, candidato a governador pela coligação Novas Ideias, Novo Goiás, além de uma legião de militantes e apoiadores, Dona Íris mostrou disposição e entusiasmo nesse início de campanha.

Duas vezes deputada federal, Dona Íris tem uma carreira política vitoriosa e dedicada às causas sociais. Acompanha Iris Rezende desde a década de 1960. Em 1966, criou a Fundação Legionárias do Bem Estar Social, da qual foi sua primeira presidente até 1969.

Em 1982,  participou ativamente da campanha que marcou a volta triunfal de Iris à política, depois de cassado pelo Ato Institucional nº 5, em 1969. Como primeira dama do Estado nos dois governos de Iris, a agora primeira dama de Goiânia desempenhou importantes atividades na área social do Estado, quando ocupou o cargo de presidente da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Em 1994, Dona Íris entrou para a história nacional como a primeira mulher brasileira a participar de uma campanha presidencial. Na época, ela integrou a chapa de Orestes Quércia na condição de candidata a vice-presidente da República. Em duas ocasiões, em 2003 e 2006, Dona Íris ocupou o Senado Federal e em 2006 foi eleita com a então maior votação do Estado para uma cadeira na Câmara Federal, fato que se repetiu em 2010.

Durante seus mandatos na Câmara, Dona Íris se mostrou uma parlamentar municipalista e republicana, destinando milhões de reais em emendas parlamentar para municípios e instituições filantrópicas de Goiás. Em Goiânia, como primeira dama, resgatou o projeto Horta para Todos, idealizado em 1982, um programa de hortas comunitárias que se apresenta como alternativa à fome e à urbanização da cidade. Na política e na vida, Dona Íris tem sido uma ferrenha e intransigente defensora dos direitos das mulheres.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.