Goiás é o 5º mais violento do País, diz Atlas da Violência

0

Divulgado ontem, os dados da violência no Brasil impressionam. Em Goiás não é diferente. De 18º mais violento do Brasil em 1998, o Estado de Goiás aparece, agora, na 5ª pior posição do País, com uma taxa de homicídios de 45,3 mortes por cada grupo de 100 mil habitantes. Segundo o estudo, entre 2005 e 2015 o aumento dos crimes em Goiás foi de 104%. Se considerado o período de 1999, primeiro ano do governo de Marconi Perillo, a 2015, último ano do levantamento, o aumento foi de 248%.

Os números da violência em Goiás contrastam com os de outros estados da região sudeste, como São Paulo, por exemplo, que teve redução de 38,8% no número de homicídios no período de 10 anos. Na comparação da taxa de mortes por 100 mil habitantes, Goiás tem, proporcionalmente, 271% mais homicídios do que o estado paulista. A falta de políticas públicas para a área de segurança, social e penitenciária é a principal causa do aumento absurdo da violência em Goiás. O efetivo da polícia militar no estado é o mesmo de 20 anos atrás e o contingente da polícia civil caiu cerca de 50% nesse período. Soma-se a isso a situação precária da estrutura policial no estado. Para piorar, o governo de Goiás autorizou concurso para a PM e PC com o menor salário do país. Os novos policiais devem receber, líquidos, algo em torno de R$ 1,3 mil, enquanto, hoje, o salário de um soldado em início de carreira é de R$ 4,2 mil.

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.