Connect with us

Política

Goiás Parcerias notifica escritório de advocacia a devolver R$ 177 mil recebidos irregularmente

Published

on

Desde a determinação do governador Ronaldo Caiado para a troca da diretoria da Goiás Parcerias, após indícios de irregularidades em licitações realizadas pela empresa, consideráveis medidas estão sendo tomadas pela atual gestão para garantir a reestruturação da estatal.

Com deliberação da Controladoria Geral do Estado (CGE), o presidente interino, Heitor Camargo, despachou o documento que notifica o responsável pelo escritório de advocacia contratado pela gestão anterior, sobre a exigência da devolução do valor de R$ 177 mil que foram pagos ao advogado como forma de adiantamento, segundo consta no contrato.

Essa faz parte de uma série de ações que estão sendo realizadas dentro da Goiás Parcerias para reorganizar juridicamente e administrativamente a estatal. De acordo com Heitor Camargo, todas as determinações dos órgãos responsáveis pelas investigações estão sendo prontamente atendidas e medidas administrativas também estão sendo tomadas com o intuito de restabelecer a ordem.

“Já fizemos a notificação para que o dinheiro seja devolvido à Goiás Parcerias e continuamos trabalhando em consonância com a política de integridade do governo de Goiás, com muita agilidade e transparência”, afirmou.

Na última quarta-feira (24), o presidente interino já havia cortado 50% do quadro de funcionários. Além disso, está em fase de estudo a viabilidade do cancelamento de contratos que estão em vigência como forma de conter gastos e recuperar a saúde financeira da empresa.

“Estamos identificando o que é necessário e realizando ações sem hesitação para que a Companhia seja reestruturada e os projetos, que são tão importantes para Goiás, possam avançar”, finaliza o gestor.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator