Governos de Marconi Perillo e Zé Eliton não quitaram convênios firmados com recursos da venda da Celg-D


Programa lançado pelo ex-governador Marconi Perillo previa repasses de quase R$ 600 milhões para municípios goianos, mas apenas 4 cidades teriam recebido a totalidade dos convênios firmados

0

Reportagem publicada no Jornal O Popular de hoje, 3, informa que dos 222 municípios goianos que firmaram parcerias com o Governo de Goiás, dentro do programa “Goiás Na Frente”, lançado pelo ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), há cerca de dois anos, apenas quatro receberam o valor integral dos convênios firmados, num total de R$ 4,7 milhões. Os recursos prometidos aos municípios seriam oriundos da venda da Celg-D.

“No total, 222 cidades assinaram 477 convênios por meio do programa, que somaram R$ 533,6 milhões que deveriam ter sido passados às prefeituras para obras. Os convênios dessas cidades totalizaram R$ 473,9 milhões, dos quais apenas R$ 184,4 milhões foram efetivamente pagos. Ou seja, do montante total de convênios, somente 34,5% foi de fato repassado às prefeituras”, diz a reportagem, assinada pelo jornalista Marcos Nunes Carreiro.

O atual Governo de Ronaldo Caiado, no entanto, afirma que não deixaram recursos para o cumprimento das obrigações assumidas com esses municípios e que o Estado não tem previsão para retomar os repasses desses convênios.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.