Indignada com o desgoverno em Goiás, a ativista política Viviane
Mota Freitas lança o projeto #AcordaGoiás

0

Durante a cerimônia de entrega dos certificados do curso de Formação Política da Fundação Ulysses Guimarães – FUG, em Goiânia, indignada com os rumos da política em Goiás e com a situação cada vez mais caótica do Estado, a ativista política e presidente do PMDB Afro de Goiás, Viviane Mota Freitas (na foto ao lado da presidente Iris Araújo), conclamou os cidadãos goianos a se unirem no projeto #AcordaGoiás. Para Viviane é fundamental, dado o silêncio criminoso da imprensa goiana, que todo cidadão politizado e que tenha conhecimento da real situação do Estado, a qual não é divulgada pela mídia, aja no sentido de esclarecer os menos informados para que não sejam induzidos ao erro.

Segundo Viviane, a estratégia do Governo de Goiás, de abusar das campanhas midiáticas para divulgação de um Goiás absolutamente diverso da realidade, acaba prejudicando a solução dos problemas que afetam a população, como a violência, por exemplo. Segundo a peemedebista, o governo de Marconi Perillo age com irresponsabilidade ao tentar passar uma ideia de normalidade, quando na realidade a situação é outra completamente diferente: “pelo terceiro mês consecutivo o número de homicídios em Goiânia subiu. No entanto o Governo, via de uma imprensa tendenciosa, induz a população acreditar que a violência está diminuindo, valendo-se de uma estatística que não contempla a verdade dos fatos”, diz.

Viviane entende que há uma campanha de enganação em curso em Goiás. “É necessário que a oposição ao Governo de Perillo e todos os cidadãos de bem do Estado se unam no sentido de esclarecer a população para a difícil e real situação que vive Goiás”. A ativista, que não se conforma com o quadro administrativo e financeiro do Estado, sobe o tom para falar das nefastas práticas que permeiam a política goiana:  “há uma covarde parcimônia da mídia goiana e uma criminosa subserviência da Assembleia quanto aos problemas que afligem os goianos. O povo tem que dar uma resposta a altura para que as soluções desses problemas comecem, pelo menos, a ser discutidas. Segurança, Saúde e Educação estão na UTI em Goiás e Marconi Perillo, irresponsavelmente, usa subterfúgios para sair do foco, comprometendo a vida de muitos goianos”, pontua.

“É inadmissível que o povo seja enganado, como foi agora com a aprovação de aumento de impostos. Há, inclusive, denúncia do Deputado Major Araújo de que o projeto foi fraudado na Assembleia. Como pode a imprensa se silenciar para tal fato?”, pergunta Viviane. Por essa e outras, Mota propõe que todo cidadão que, como ela, esteja indignado com o verdadeiro estelionato eleitoral cometido por Marconi Perillo, que na campanha pra sua reeleição pregava um Estado absolutamente equilibrado, comece a usar a hastag #AcordaGoiás em todas as suas postagens em redes sociais para manifestar sua indignação com o atual governo e sua forma mentirosa de governar.

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.