Jovair Arantes, líder do PTB goiano, é alvo de operação da Polícia Federal


Operação Registro Espúrio investiga esquema de corrupção na concessão de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho. Além de Jovair, Paulinho da Força e Wilson Silva também são investigados

0

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 30, a Operação Registro Espúrio, cujo objetivo é desvendar um esquema de corrupção no âmbito do Ministério do Trabalho, que estaria ligado à concessão de registros sindicais de forma fraudulenta. Um dos investigados na operação seria o deputado federal goiano Jovair Arantes (PTB), cujo gabinete, em Brasília, foi alvo de busca e apreensão por parte da Polícia Federal.

“Após cerca de um ano, as investigações revelaram um amplo esquema de corrupção dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho, com suspeita de envolvimento de servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares”, informa a nota da PF.

Cerca de 64 mandados de busca e apreensão, 8 mandados de prisão preventiva e 15 mandados de prisão temporária, além de outras medidas cautelares estão sendo cumpridos pelos agentes da Polícia Federal no Distrito Federal, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais.

Além de Jovair Arantes, os deputados Paulo da Força (SD) e Wilson Filho (PTB) também são investigados na operação.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.