Justiça nega pedido de Marconi Perillo em ação movida contra o Blog Opinando

0

Decisão liminar proferida na última quarta-feira, 4, pelo juiz titular da 8ª Vara Cível de Goiânia, Dr. Claudiney Alves de Melo, negou a pretensão do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que pediu, em ação de indenização movida naquele juízo contra o editor do Blog, antecipação de tutela no sentido de ver fora do ar matéria publicada neste espaço e que entendeu lesiva a sua honra. De acordo com o juiz, no entanto, não assiste razão ao governador. É a terceira ação cível movida pelo chefe do executivo goiano contra Cloves Reges nos últimos 3 anos.

Dessa vez, Marconi Perillo se insurge contra matéria publicada neste espaço no último dia 09 de agosto, sob o título “Construtora teria pago parlamentares para pôr fim à CPMI que indiciaria Marconi Perillo, diz jornal”. Baseada em matéria do Jornal O Estado de São Paulo, o artigo combatido por Perillo apenas replica a notícia amplamente divulgada nos meios de comunicação do Brasil e aborda bastidores da CPMI criada em 2012 para investigar o envolvimento de políticos no esquema desbaratado pela Polícia Federal por meio da operação Monte Carlo.

“No compulsar atento dos autos, observo que inexistem elementos suficientes para deferir a liminar, haja vista que a liberdade de expressão garantida pela Constituição Federal afasta, ao menos nessa cognição sumária, a plausibilidade do direito alegado, especialmente no ponto em que se busca imediata proibição de veiculação de matéria tida por ofensiva, pois que é inevitável a sujeição dos agentes políticos a críticas, ainda que severas”, pondera o juiz ao proferir sua decisão.

Veja a íntegra da decisão clicando aqui

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.