Marconi Perillo admite rombo de quase R$ 2 bilhões nas contas do Estado de Goiás

0

Nota da coluna Giro, publicada no Jornal O Popular de hoje, 20, assinada pelo jornalista Jarbas Rodrigues, afirma que o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), teria admitido um déficit orçamentário na ordem de R$ 1,96 bilhão para 2017. Isso implica dizer que o governo gastou muito mais do que arrecadou neste ano. 

Se confirmado, será novo recorde negativo do resultado orçamentário do Estado. Em 2015, Goiás registrou o maior déficit orçamentário de sua história, chegando a R$ 1,885 bilhão negativos.

Para piorar a situação, o próprio governo anunciou a redução da meta fiscal para 2017. De um superávit primário previsto de R$ 228 milhões positivos, Marconi Perillo vai fechar o ano com R$ 500 milhões negativos. Além disso, o resultado nominal, que mostra o quanto a dívida consolidada cresceu no período, fechará o ano em R$ 1,15 bilhão, ou seja, a dívida do Estado de Goiás cresceu cerca de 7% este ano.

Soma-se a esse péssimo resultado fiscal, o fato do governo de Goiás vir acumulando rombos financeiros gigantescos nas contas públicas. Ao final de 2016, o rombo no caixa da conta centralizadora chegou a R$ 1,5 bilhão e o Restos a Pagar inscritos chegou a R$ 3,1 bilhões.

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.