Marconi Perillo é rejeitado por quase 50% do eleitorado goiano, diz pesquisa


Levantamento do instituto Grupom, divulgado hoje no jornal Diário da Manhã, aponta que o tucano tem a maior rejeição entre todos os pré-candidatos ao senado

0

O ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), tem razões de sobra para se preocupar. É que o mais recente levantamento de intenção de voto para o Senado Federal aponta que o tucano enfrenta problemas para garantir sua eleição para a câmara alta. Perillo aparece em segundo lugar, com 24,4% do votos, atrás da senadora Lúcia Vânia (PSB), que é a preferida de 25% dos eleitores e líder nessa pesquisa.

Não bastasse ter caído para a segunda colocação na preferência do eleitorado, um outro dado apresentado pela pesquisa tem causado ainda mais preocupação a Marconi Perillo. A rejeição do ex-governador é de 43,8%, a maior entre todos os candidatos. Quase 50% do eleitorado goiano, portanto, declara que não votaria no tucano de jeito nenhum. Numa eleição onde o eleitor vota duas vezes, a rejeição do candidato pode ser determinante para o fracasso no pleito de outubro próximo.

Na sequência da indigesta lista de rejeitados vem Demóstenes Torres (PTB) com 40,4%, seguido do vereador Jorge Kajuru (PRP), com 28,90% e Lucia Vânia, com 28,6% de rejeição junto ao eleitorado goiano.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.