Marconi Perillo foi incompetente na gestão dos recursos federais repassados ao estado de Goiás, diz Ministro da Justiça

0

O Ministro da Justiça, Torquato Jardim, foi direto na resposta ao governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que alegou omissão do governo federal na crise penitenciária, segundo ele, vivida pelos estados. Para Jardim, a responsabilidade da União no colapso ocorrido no sistema prisional goiano é zero e insinuou que o governo goiano não teve competência para gerir a verba disponibilizada pela União.

Ainda de acordo com o ministro,  Marconi Perillo  infringiu à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e à Lei Orçamentária Anual (LOA) ao receber R$ 44,7 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) em dezembro de 2016 e deixar de transferir o montante para contas específicas no Banco do Brasil, permitindo o controle dos gastos. Segundo o Ministério da Justiça, o Executivo estadual gastou apenas R$ 7,7 milhões do valor repassado, equivalente a 17,2% do repasse.

 

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.