Marconi Perillo recorre ao Tribunal de Justiça para que tuiteiro apague postagens


Depois de ter pedido de antecipação de tutela negado pelo juiz a quo, governador interpôs agravo para mudar decisão e conseguir liminar para retirar duas postagens do blogueiro Cloves Reges do ar

0

Insatisfeito com a decisão do juiz da  2ª Vara Cível de Goiânia, Átila Naves Amaral, que negou antecipação de tutela pleiteada em ação de indenização movida contra o blogueiro Cloves Reges, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), recorreu ao Tribunal de Justiça de Goiás para retirar do ar dois tuítes postados pelo tuiteiro. Essa é a 5ª vez que Marconi Perillo vai à justiça contra Cloves Reges. Em nenhuma delas teve êxito.

Perillo alega que duas postagens feita pelo blogueiro em agosto de 2017, nos quais o tuiteiro chama de “cooptação de prefeitos” o programa Goiás na Frente, lançado pelo governo tucano no início daquele ano, teria o ofendido sobremaneira, causando-lhe sofrimentos e danos morais de grande vulto, motivo pelo qual intentou ação para  reparação desses supostos danos morais e liminarmente pediu a retirada dos tuítes do ar.

Na sua decisão, no entanto, o juiz a quo pontua que a figura do agente político, em razão da atividade pública que exerce, está sujeita a críticas, comentários e avaliações, não raro muito contundentes. “É certo que, ao decidir-se pela militância política, o homem público aceita a inevitável ampliação da exposição da sua vida e de sua personalidade aos comentários e à valoração do público, em particular, dos seus adversários…” (STF, Relator Min. Sepúlveda Pertence, RTJ 169/323). Há, pois, de se ter uma maior tolerância às manifestações em geral quando dirigidas aos denominados “homens públicos”, sobretudo os governantes”, asseverou.

Inconformado com a decisão, Marconi Perillo pede que o Tribunal de Justiça mude o entendimento do juiz de primeira instância e mande o blogueiro retirar do ar as postagens questionadas. Vale lembrar que em nem uma das postagens o nome do governador é citado diretamente pelo blogueiro, aparecendo apenas na nota publicada no Jornal O Popular.

Vejam os posts objeto da insatisfação do governador Perillo:

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.