“Novo Tempo Novo” é apenas uma mal sucedida tentativa de iludir o eleitor, diz Vilmar Rocha se referindo ao slogan de José Eliton


Presidente do PSD em Goiás, ex-secretário do governo Marconi Perillo, critica o que chama de continuísmo e prega renovação na política goiana

0

O presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha, ex-secretário do governo Marconi Perillo e, em tese, integrante da base aliada, criticou a tentativa do atual governador de Goiás, José Eliton, de resgatar o famigerado tempo novo, uma referência ao grupo político que assumiu o poder no Estado em 1999.

Para Vilmar Rocha, o atual projeto de governo, que se arrasta por 20 anos em Goiás, se esgotou e não adianta criar slogans para passar a ideia de renovação. “Isso é retórica, é um projeto de continuísmo. No geral, vai continuar a mesma coisa. Às vezes, você faz só uma maquiagem”, disse, se referindo a mal sucedida tentativa de José Eliton de pegar carona no slogan vencedor de 98.

Para o presidente do PSD, o governador José Eliton (PSDB) não representa a renovação pretendida pelo eleitor, perfil que, segundo ele, está mais próximo de Daniel Vilela (PMDB), vice-líder das pesquisas para governador. “As pessoas identificam nele um agente de mudança dessa administração, desse grupo que está no poder”, disse.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.