Planilha entregue à PF indica 9 pagamentos da Odebrecht para o ex-governador Marconi Perillo


Segundo o documento, divulgado pelo jornal O Estado de São Paulo, Perillo teria recebido R$ 4,8 milhões da empreiteira. O dinheiro teria sido entregue em endereço de Jaime Rincón, ex-tesoureiro de campanha do tucano, entre 2014 e 2015

1

Notícia divulgada pelo Blog do jornalista Fausto Macedo, publicada no Jornal O Estadão, revela que o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) teria recebido R$ 4,8 milhões da empreiteira Odebrecht entre 2014 e 2015. As informações constam de planilha entregue à Polícia Federal por Edgard Venâncio, ex-gerente operacional da Transnacional, empresa contratada pelo doleiro Álvaro José Novis para fazer os pagamentos da Odebrecht na cidade de São Paulo.

Segundo o documento, foram feitos 187 pagamentos cujas datas, valores e senhas estariam vinculados a 57 codinomes criados pela empreiteira para ocultar a identidade do beneficiário final da propina. Somente entre setembro de 2014 e maio de 2015 foram pagos R$ 97,5 milhões em São Paulo.

De acordo com a reportagem, aparecem nove entregas para o policial militar Sérgio Rodrigues Vaz, que era motorista de Jayme Rincón, tesoureiro da campanha de Marconi Perillo. A maior parte dos R$ 4,8 milhões pagos, segundo a planilha, foi entregue no apartamento de Rincón, na região da Avenida Paulista. Na planilha, o ex-governador aparece identificado pelos codinomes de Master e Padeiro.

Leia matéria completa publicada no Estadão

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia