Rebelião em presídio de Aparecida de Goiânia deixa aos menos 10 mortos e 106 presos fogem

0

Ao menos 10 detentos do regime semiaberto do presídio Odenir Guimarães, localizado na região metropolitana de Goiânia, morreram durante rebelião na tarde deste 1º de janeiro. Segundo notícias veiculadas nas redes sociais, presos foram decapitados e tiveram o coração arrancado no confronto entre duas facções rivais. Outros 14 presos ficaram feridos e foram encaminhados a hospitais da região.

A Secretaria de Administraçaõ Penitenciária informou que 106 presos fugiram e que apenas 29 teriam sido recapturados pelas forças de segurança. O presídio sofre com a superlotação e o espaço destinado aos presos do semiaberto estaria com mais de quatro vezes a sua capacidade. Onde caberiam 400 detentos, estão alojados cerca de 1.700 condenados.

Até às 21:45h desta segunda-feira, o governador do Estado, Marconi Perillo (PSDB), não havia se manifestado sobre o ocorrido. Especialistas dizem que o local é uma bomba relógio e que tragédias piores não tardarão acontecer, sobretudo pela inoperância do governo estadual.

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.