Ronaldo Caiado quer Ministério Público forte e atuante, afirma Fernando Krebs


Promotor, titular da 57ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, esteve na cerimônia de posse a convite do próprio Governador e ouviu de Caiado que é preciso que o MP-GO tenha autonomia para investigar e propor ações contra quem dilapida o erário, sem qualquer interferência

0

Convidado pelo próprio Ronaldo Caiado (DEM), o promotor Fernando Krebs, titular da 57ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, do Ministério Público de Goiás, acompanhou a cerimônia de posse do Governador de Goiás e disse que ouviu do novo chefe do executivo goiano que espera que o Ministério Público, assim como as outras instituições do Estado, o ajude a passar Goiás a limpo.

Para isso, segundo Krebs, Caiado quer o MP-GO com autonomia e força suficientes para promover as ações necessárias buscando ressarcir os cofres públicos de eventuais desvios que tenham ocorrido nas contas púbicas do Estado nos últimos anos e que seja parceiro do executivo no combate à corrupção em Goiás.

“Temos algumas ações de improbidade administrativa em curso no âmbito das promotorias de defesa do patrimônio, inclusive com pedido de ressarcimento aos cofres públicos bastante significativos, mas, diante das informações que estão sendo repassadas pelo Governador Ronaldo Caiado, muitas outras denúncias envolvendo a malversação do dinheiro público devem aportar no MP-GO nos próximos meses. Daí a necessidade de termos um MP com autonomia suficiente para investigar e processar os responsáveis, sem interferências de quaisquer espécies”, avalia Krebs.

No próximo dia 8 de fevereiro, o Ministério Público de Goiás promove eleição para formação da lista tríplice, que será apresentada ao Governador Ronaldo Caiado para a indicação do futuro Procurador-Geral de Justiça de Goiás.

Nas redes sociais, Fernando Krebs já adiantou que colocará seu nome à disposição dos colegas do MP-GO, justamente para, se indicado ao cargo, consolidar os predicados que se espera de um órgão com tamanha responsabilidade no Estado, como é o caso do Ministério Público.

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Comments are closed.