Serpes mostra Marconi Perillo com dificuldades na briga pelo Senado


Tucano tem apenas 16,1% das intenções de voto para o Senado, um percentual muito pequeno para quem, nos últimos meses, foi o mais exposto na mídia goiana

0

Apesar de liderar a corrida ao Senado, o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), deve ter problemas para se eleger para a Câmara Alta em outubro próximo. Com apenas 16,1% das intenções de voto, o tucano, pelo fato de ser o mais conhecido entre todos os candidatos e de ter tido exposição quase exclusiva na mídia goiana nos últimos meses, está muito aquém do esperado pela própria base.

A pesquisa mostra que, enquanto candidato de primeiro voto, Perillo terá dificuldades para deslanchar, uma vez que tem também a maior rejeição entre todos os candidatos: 34% dos eleitores não votariam no candidato do PSDB. Esse alto percentual de rejeição denota que Marconi pode não ter o segundo voto da maioria dos eleitores dos outros candidatos.

Confiram os números da Pesquisa Serpes para o senado:

Marconi Perillo (PSDB): 16,1%; Lucia Vânia (PSB): 11,7%; Jorge Kajuru: 8,4%; Demóstenes Torres (PTB): 6,1%

 

Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela UFG - Campus Goiânia, crítico das práticas politiqueiras e absolutamente intolerante a corrupção. @regesmaia

Deixe um comentário