Connect with us

Política

Alcides Rodrigues, deputado federal e ex-governador de Goiás, é condenado por improbidade administrativa

Decisão é da juíza Zilmene Gomide da Silva Manzolli, da 4ª Vara da Fazenda Pública do Estado de Goiás. Segundo a magistrada, Alcides, nos dois últimos quadrimestres do seu mandato como governador de Goiás, teria contraído despesas superiores a R$ 1 bilhão e que não podiam ser cumpridas integralmente dentro deles.

Published

on

A juíza de direito Zilmene Gomide da Silva Manzolli, da 4ª Vara da Fazenda Pública do Estado de Goiás, condenou o ex-governador de Goiás, hoje deputado federal, Alcides Rodrigues (Patriota) por crime de improbidade administrativa. A sentença, datada do último dia 28 de fevereiro, suspende os direitos políticos do ex-governador por quatro anos, o proíbe de contratar com o poder público pelo prazo de três anos e o obriga ao pagamento, a título de multa civil, de 90 vezes o valor da remuneração percebida por ele.

A juíza acatou as alegações do Ministério Público de Goiás, que apontou em ação proposta ao judiciário o fato de Alcides Rodrigues, enquanto governador, ter deixado de pagar a folha de dezembro de 2010 de parte dos servidores e priorizado o pagamento de empreiteiras, fornecedores e publicidade, acarretando um prejuízo de mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos. Além disso, segundo o MP-GO, Alcides teria empenhado nos dois últimos quadrimestres do seu mandato mais de R$ 1 bilhão em despesas que não foram pagas, contrariando o disposto no artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Da decisão, ainda cabe recurso.

 

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator