Entre em contato

Política

Campanha de Ronaldo Caiado recebeu dinheiro da Odebrecht e OAS.
Juntas as empresas doaram R$ 900 mil ao Senador

Publicado

on

A campanha do Senador eleito por Goiás, Ronaldo Caiado, do Democratas, também foi abastecida com dinheiro das empreiteiras envolvidas no maior escândalo de desvio de dinheiro público de que se tem notícias no Brasil: o Petrolão.

Na prestação de contas final da campanha do senador ao TSE constam doações das empreiteiras Norberto Odebrecht S/A e Construtora OAS S/A. Ambas tiveram seus executivos presos na Operação Lava Jato, conduzida pelo juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Dr. Sérgio Moro.

Caiado tem sido um dos mais ferrenhos opositores do Governo Dilma e prega o afastamento da Presidente por ter sido beneficiada, em campanha, com dinheiro oriundo do escândalo. Já se sabe que o dinheiro que irrigou, sobretudo, a campanha petista era fruto de contratos fraudulentos mantidos com a Petrobrás. Essas afirmações constam de delações premiadas feitas com os operadores do esquema, entre eles Paulo Roberto Costa, ex-diretor da estatal e o doleiro Alberto Youssef.

Os dados obtidos no siste do TSE dão conta de que Caiado recebeu R$ 499.400,00 da Construtora OAS e exatos R$ 400.000,00 da empreiteira Norberto Odebrecht S.A. O Senador diz, no entanto, que as doações foram legais e todas as contas da campanha foram aprovadas pelo Tribunal Eleitoral.

Continue Reading

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar.