Connect with us

Política

Efetivo da Polícia Civil de Goiás é um dos menores do Brasil. 66% dos municípios goianos não têm delegados

Published

on

Levantamento da Polícia Civil mostra que Goiás é um dos estados com o menor número de policiais civis do Brasil. São apenas 3.395 policiais para uma população de 6,6 milhões de habitantes, o que corresponde a 51 policiais civis para cada grupo de 100 mil habitantes, ou um policial civil para cada grupo de quase dois mil moradores. No ranking dessa relação, Goiás ocupa o 19º lugar.

Nos últimos vinte anos, a polícia civil goiana perdeu quase 50% do seu efetivo. Eram seis mil policiais em 1998. Para agravar a situação da segurança pública em Goiás, 162 municípios goianos, ou 66% das cidades do estado, não dispõem de delegados de polícia e 104 dessas cidades não possuem sequer agente e/ou escrivão de polícia. Vinte e quatro delegacias foram desativadas recentemente por falta de efetivo, a exemplo da 6ª Delegacia Distrital de Polícia de Goiânia.

Soma-se a esse absurdo o fato do contingente da Polícia Militar do estado também ser um dos menores do país. Nos últimos 23 anos, a Polícia Militar goiana perdeu cerca de 5 mil homens, ao passo que a população do estado cresceu em aproximadamente dois milhões de habitantes. A falta de policiais civis nos municípios faz com que uma ocorrência demore até 6 horas para ser registrada, quando o é, já que policiais militares são obrigados a deslocar de um município para outro em busca da polícia judiciária, percorrendo até 150 km, em alguns casos, para o registro do fato.

 

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator