Connect with us

Cidades

Especialista prevê que pico dos casos de Covid-19 no Brasil ocorra no início de abril. Pra isso, contágio teria que ocorrer de hoje, 22, até à próxima quarta-feira, 25 de março

A previsão foi feita na quarta-feira, 18, pelo presidente do Hospital Albert Einstein, o médico-cirurgião Sidney Klajner, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Published

on

De acordo com o presidente do Hospital Albert Einstein, o médico-cirurgião Sidney Klajner, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o pico de casos de infectados pelo novo coronavírus no Brasil vai acontecer no primeiros dez dias do mês de abril próximo. Isso implica dizer, considerando o tempo de incubação do vírus, que é de 14 dias, o período de contágio das pessoas teria que ocorrer de hoje, 22, até à próxima quarta-feira, 25 de março.

Se o contágio pelo novo coronavírus não ocorrer ou ocorrer em menor grau possível nesse período mencionado, a curva de infectados será automaticamente achatada nos pontos compreendidos entre 1º e 10 de abril próximo. Assim, o sistema de saúde público e privado será capaz de absorver os doentes que precisem de atendimento e o risco de mortes será substancialmente menor.

Portanto, o isolamento social é a principal, senão a única, forma de evitar o contágio e, concomitantemente, evitar a disseminação da doença no país. O grande risco, segundo o especialista, é ocorrer um grande número de infecção por coronavírus num curto espaço de tempo, fato que teria consequências desastrosas para o sistema de saúde do Brasil.

“É importante se conscientizar de que a única forma de a gente mitigar o impacto dessa epidemia é não disseminar o vírus, permanecer em casa, porque o quadro é grave”, afirmou Klajner. De acordo com ele, o hospital saltou de 12 casos de suspeitas, na segunda-feira, com quatro confirmações da covid-19, para 45 internações, 21 confirmadas, com sete pacientes na UTI.

Em Goiás e em Goiânia, uma série de decretos do Governo de Goiás e da Prefeitura de Goiânia impuseram o isolamento social como medida para conter o avanço do vírus. Estão proibidos, a priori por 15 dias, o funcionamento de comércios, exceto supermercados, postos de combustíveis, farmácias e outros ligados à área da saúde. Escolas estão suspensas na rede pública e grande parte dos servidores públicos foram dispensados do trabalho. Aqueles que permanecem trabalhando presencialmente o estão fazendo em ritmo de rodízio.

Assistam o vídeo abaixo, produzido pelo prefeito de Florianópolis-SC, Gean Loureiro, e entenda a necessidade de se evitar a disseminação do coronavírus, forçando o achatamento da curva de infecção.

Continue Reading

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator