Connect with us

Política

Governo Caiado facilita acesso ao crédito para micros e pequenas empresas como forma de socorrer a economia ante a crise causada pela pandemia

Além de aumentar o montante de recurso disponível para empréstimos a micro e pequenos empresários, a gestão estadual determinou que pendências financeiras ocorridas durante a pandemia não fossem consideradas no processo de análise de crédito.

Published

on

Logo nos primeiros dias em que foi determinado o fechamento das mais variadas atividades comerciais e estabelecido o isolamento social da população, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), editou várias medidas para facilitar o acesso ao crédito. De março até maio, 48% das solicitações de empréstimos à GoiásFomento já foram atendidas pela instituição.

A SIC também priorizou empréstimos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) para empresas de pequeno porte, com 57,2% das liberações. Empresas consideradas de pequeno/médio porte ficaram com 26,1%, e de médio porte com 15% e de grande porte com apenas 1,6%. Foram 2.645 empréstimos efetivados, com a liberação de R$ 811 milhões até a semana passada.

Além de aumentar o montante de recurso disponível para empréstimos a micro e pequenos empresários, a gestão estadual determinou que pendências financeiras ocorridas durante a pandemia não fossem consideradas no processo de análise de crédito. Tal medida aumentou substancialmente a quantidade de novos empréstimos liberados no âmbito da GoiásFomento.

Assim, atendendo a determinação do governador Ronaldo Caiado, a GoiásFomento facilitou o crédito e atendeu mais de 3.800 empresas, garantindo a micro e pequenos empresários R$ 23 milhões em contratos firmados, do final de março até maio. A tendência é que esse percentual aumente à medida em que os processos vão sendo analisados e os créditos liberados.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator