Connect with us

Política

Iris Rezende decreta escalonamento de horários para abertura do comércio, indústria e prestação de serviços em Goiânia

Medidas começam a valer já a partir de amanhã, quarta-feira, 29/04, e têm o objetivo de diminuir o fluxo de passageiros no sistema do transporte coletivo urbano da grande Goiânia. A escala será composta de cinco intervalos de horários, que começam às 5h da manhã e prosseguem até às 10 horas.

Published

on

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, decretou na tarde desta terça-feira, 28/04, o escalonamento de horários para o início do expediente diário do comércio, indústria e prestação de serviços no âmbito do município de Goiânia. O escalonamento entra em vigor já a partir desta quarta-feira, 29/04.

As medidas, tomadas por deliberação do Gabinete de Gestão de Crise COVID-19 e após várias reuniões com entidades representativas dos segmentos econômicos alcançados pelo decreto, além de entendimentos estabelecidos entre o Paço e o Governo de Goiás, visam diminuir o fluxo de passageiros nos terminais de embarque e desembarque do sistema de transporte coletivo que atende a grande Goiânia, principalmente no chamado horário de pico, e assim minimizar o risco de propagação do novo coronavírus, principalmente após a flexibilização do isolamento social, ocorrida por força do último decreto emitido pelo Governo de Goiás.

De acordo com Iris Rezende, desde que a pandemia se instalou em Goiás e em Goiânia, a Prefeitura vem, a todo momento, tomando as medidas necessárias para mitigar os efeitos da doença, seja buscando alternativas que proteja a população do contágio, aumentando os investimentos na área da saúde, abrindo novas vagas de leitos de UTI para o tratamento daqueles que eventualmente necessitem e, também, agindo para permitir o exercício regular das atividades dos diversos segmentos econômicos da cidade.

“A humanidade está vivendo uma realidade um tanto cruel. Não é apenas Goiânia, Goiás e o Brasil, o mundo não estava preparado para enfrentar o coronavírus, que trouxe grandes dificuldades para as pessoas. Entretanto, nós não podemos nos distanciar do problema. Por isso, estamos, diuturnamente, instituindo ações administrativas que diminuam todas essas dificuldades vividas pela população”, pontuou.

O decreto estabelece escala com cinco intervalos de horários distintos para o início do funcionamento das empresas, começando às 5h da manhã e prosseguindo até às 10h, com espaço temporal de abertura de uma hora entre cada segmento.

Ficou definido que aos estabelecimentos autorizados a funcionar durante 24 horas não se aplica a recomendação prevista no decreto, ficando recomendado que as trocas de turnos ocorram de maneira a não sobrecarregar o transporte público, assim como o encerramento das atividades diárias.

Também não se aplica o disposto no Decreto aos estabelecimentos que forneçam transporte próprio ou por fretamento aos seus trabalhadores, bem como para prestadores de serviços que utilizam transporte privado.

Veja como ficou o escalonamento determinado pela Prefeitura de Goiânia

Começam entre 5 e 6 horas

  • Limpeza urbana e coleta de lixo, excetuada a limpeza púbica
  • Postos de Combustíveis
  • Panificadoras

Começam entre 6 e 7 horas

  • Área de saúde, como serviços ambulatoriais em hospitais, clínicas, laboratórios, etc;
  • Indústrias alimentícias
  • Indústrias farmacêuticas/medicamentos
  • Construção Civil
  • Supermercados

Começam entre 7 e 8 horas

  • Empregados domésticos e diaristas;
  • Vigilantes, zeladores e porteiros;
  • Farmácias e drogarias;
  • Oficinas mecânicas e borracharias;

Começam entre 8 e 9 horas

  • Lojas de produtos agropecuários e veterinários;
  • Hospitais e clínicas veterinárias;
  • Agências lotéricas;

Começam entre 9 e 10 horas

  • Bancos
  • Revendas/concessionárias de veículos;
  • Barbearias e salões de beleza.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator