Connect with us

Política

“Iris Rezende é exemplo da boa política. É referência nacional”, diz Ronaldo Caiado em evento de assinatura do decreto que reabre o comércio em Goiânia

De acordo com o governador de Goiás, o sucesso das medidas implantadas para o combate ao coronavírus no Estado, desde o primeiro decreto publicado em 13 de março, só foi possível graças ao apoio do prefeito Iris Rezende, que avalizou as ações do Governo Estadual.

Publicado

on

Ao discursar no evento em que o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, assinou o decreto que permite a reabertura das atividades econômicas essenciais e não essenciais na capital, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, fez uma série de elogios ao decano emedebista, a quem chamou de “referência nacional”.

De acordo com o democrata, Iris Rezende tem sido um grande parceiro nas ações desenvolvidas pelo Governo Estadual para combater a disseminação do novo coronavírus, o que se consolidou desde a publicação no primeiro decreto, em 13 de março último.

“Desde aquele momento, Iris avalizou nossa decisão. Foi fundamental. Sem o seu apoio, não teríamos colhido os resultados que estamos colhendo. Isso só aumenta minha parceria, meu respeito”, afirmou o governador.

Caiado disse, ainda, que Iris Rezende é o exemplo da boa política no Brasil e que o prefeito de Goiânia implantou em toda sua vida pública um método que o legitima para ocupar todos os cargos que já ocupou, porque governa para o povo e com o povo, daí o seu sucesso, que é referência nacional.

“Sou uma pessoa que tenho uma vida de quase 30 anos na política. Eu sou um homem que aprendi que na política a gente deve se guiar pelos bons conselhos, por pessoas que tem mais tempo e que a vida toda fez com que suas decisões os mantivessem no poder em decorrência do apoio popular. Acertar a administração, falar com as pessoas, criar os mutirões, abraçar as pessoas, ser sensível, tudo isso é algo que Iris Rezende implantou na política do estado e é referência nacional”, disse.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar.