Connect with us

Política

Obras de reconstrução asfáltica seguem no Setor Bueno. Prefeitura está reconstruindo 630 quilômetros de ruas e avenidas de 110 bairros de Goiânia

Primeiros trechos que tiveram o asfalto reconstruído foram as Avenidas Mutirão e Rua T-51, no setor Bueno, e Avenida Minas Gerais e Ruas Pouso Alto, Santa Luzia, Quintino Bocaiúva, José Hermano e Rua Senador Jaime, em Campinas.

Published

on

As obras da Prefeitura de Goiânia para reconstrução asfáltica de 630 km de ruas e avenidas da Capital continuam em ritmo acelerado no Setor Bueno, região Sudoeste, e em Campinas, região Central da cidade.

O programa vai contemplar bairros de todas as regiões da cidade, abrangendo uma área de 7.436.519,17 m². Serão beneficiadas 218 ruas de 11 bairros da Região Sul; 142 de 33 bairros das Regiões Norte e Leste; 151 vias de 41 bairros das Regiões Oeste, Sudoeste e Noroeste; e 117 de 22 bairros da Região Central.

A primeira fase do programa de reconstrução de 630 km de ruas, avenidas e trechos de via, que é a elaboração do projeto executivo, teve início no dia 18 de março, com os levantamentos topográficos e de solo do pavimento asfáltico das vias que serão recuperadas.

Segundo o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan da Cunha Mattos,  a intenção é ter frentes de trabalho em bairros de cada um dos lotes do programa.

“Estamos iniciando os serviços pelos bairros, cujos projetos executivos já foram concluídos, mas estamos agilizando para que possamos ter frentes de serviços simultâneas em todas as regiões da cidade”, informa.

Recursos

A Prefeitura de Goiânia frisa que as obras de reconstrução asfáltica estão sendo custeadas com 100% dos recursos oriundos da operação de crédito que a administração púbica municipal contratou com a Caixa Econômica Federal, em novembro do ano passado, e lembra que tais recursos não podem ser usados para outros fins, como o pagamento de custeio, saúde ou folha de pagamento, por exemplo, mas tão somente para a execução do projeto de infraestrutura e mobilidade, tal como consignado em lei aprovada pela Câmara Municipal de Goiânia e no contrato com a instituição financeira.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator