Connect with us

Política

Prefeitura de Goiânia vai tornar obrigatório o escalonamento de horários na capital

Escalonamento no transporte passará da condição de recomendação para obrigatório. Com isso, empresas que insistirem em abrir fora do horário escalonado poderão ser punidas pela fiscalização da prefeitura.

Published

on

Em nova reunião do Gabinete de Gestão de Crise Covid-19, organismo instituído pela Prefeitura de Goiânia para deliberar sobre medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus na cidade, ocorrida nesta segunda-feira, 11, ficou determinado que a administração municipal irá atualizar os decretos sobre a flexibilização dos horários no transporte coletivo e de fiscalização das empresas.

Já está decidido que o escalonamento de horários para o início das atividades do comércio e prestadores de serviços no âmbito do município deixará de ser recomendado para tornar-se obrigatório e as empresas que insistirem em não contribuir com o fim das aglomerações poderão ser punidas.

O secretário Municipal de Governo, Paulo Ortegal, ressalta que a prefeitura continua acreditando no diálogo com os empresários, mas que medidas administrativas estarão previstas para frear o índice de contágio na cidade. “Não queremos chegar nisso, queremos sim o apoio da população e dos empresários”, afirma.

O gestor reforça, no entanto, que as ações a serem adotadas só surtirão efeito se tiverem o amplo apoio da população. Segundo Ortegal, a pretensão do poder de público de aumentar o isolamento deve ser respaldada pela sociedade, que deve entender que essas medidas estão sendo tomadas para a sua própria segurança.

“Devemos redigir no decorrer desta semana um novo decreto que irá determinar tanto o atendimento por parte dos usuários do transporte coletivo, como também das empresas que terão que obedecer a demanda escalonada. Tudo isso só será possível com o apoio da população, para que Goiânia saia do último lugar no índice de isolamento social”, explica.

Veja como ficou o escalonamento determinado pela Prefeitura de Goiânia

Começam entre 5 e 6 horas

  • Limpeza urbana e coleta de lixo, excetuada a limpeza púbica
  • Postos de Combustíveis
  • Panificadoras

Começam entre 6 e 7 horas

  • Área de saúde, como serviços ambulatoriais em hospitais, clínicas, laboratórios, etc;
  • Indústrias alimentícias
  • Indústrias farmacêuticas/medicamentos
  • Construção Civil
  • Supermercados

Começam entre 7 e 8 horas

  • Empregados domésticos e diaristas;
  • Vigilantes, zeladores e porteiros;
  • Farmácias e drogarias;
  • Oficinas mecânicas e borracharias;

Começam entre 8 e 9 horas

  • Lojas de produtos agropecuários e veterinários;
  • Hospitais e clínicas veterinárias;
  • Agências lotéricas;

Começam entre 9 e 10 horas

  • Bancos
  • Revendas/concessionárias de veículos;
  • Barbearias e salões de beleza.

 

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator