Connect with us

Política

Ronaldo Caiado convida “palpiteiros” a se apresentarem como voluntários para ações contra o coronavírus em Goiás

Chamamento do governador de Goiás se deu durante coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira, 26. O democrata voltou a afirmar que a quarentena em todo Estado vai prosseguir até 4 de abril, quando então será feita uma reavaliação do quadro epidemiológico para decidir futuras medidas de combate ao coronavírus

Published

on

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) voltou a reafirmar, em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, 26, que a quarentena no Estado vai prosseguir até o próximo dia 4 de abril, quando será reavaliado o quadro epidemiológico em Goiás para a tomada de novas medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus.

Caiado explicou tecnicamente o por quê da quarenta e disse que o objetivo é retardar, o maior tempo possível, o contágio das pessoas. Segundo ele, achatar a curva de transmissão é essencial para que o estado tenha êxito no combate ao vírus e suas consequências. “Um paciente, em média, precisa de 22 dias de internação numa UTI para o tratamento da doença, por isso, é fundamental que retardamos ao máximo a infecção das pessoas, sob pena de não termos leitos para todo mundo que venha precisar”, explicou.

O governador aproveitou para fazer um convite aos “palpiteiros”, assim definidas aquelas pessoas que dão suas opiniões, segundo Caiado, sem conhecimento técnico sobre o coronavírus e as medidas adotadas pelo seu governo. “É importante que todos aqueles que são palpiteiros, que, por favor, venham aqui como voluntários e que venham nos ajudar no momento em que tivermos a chegada de um volume maior de pessoas internadas”, conclamou.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator