Connect with us

Política

Ronaldo Caiado diz que os números da Covid-19 em Goiás nos próximos 10 dias é que vão determinar a necessidade de novas restrições

Segundo o governador de Goiás, no entanto, o número de casos de covid-19 no Estado é menor do que o governo previu. Goiás tem 661 casos confirmados da doença e 27 mortes.

Published

on

Durante sua participação na Live do Jornal Valor Econômico, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), falou da possibilidade de tomar novas medidas restritivas no Estado, a fim de aumentar o nível do isolamento social e assim evitar uma maior propagação do novo coronavírus.

Goiás, que já foi o estado com maior nível de isolamento, chegando a 66,5%, é hoje, depois da flexibilização ocorrida após a emissão do último decreto do governador, um dos últimos em isolamento, com apenas 40% da população recolhida.

“Se no decorrer desses próximos dez dias tivermos um crescimento acima da curva que identificamos com base científica e técnica, eu imediatamente baixarei novo decreto restringindo fortemente todas as atividades econômicas de Goiás”, prometeu Caiado.

O democrata, no entanto, ponderou que o número de casos de covid-19 no Estado é menor do que o governo previu. Goiás tem 661 casos confirmados da doença e 27 mortes.

No último dia 19, o governador publicou um decreto estadual flexibilizando a abertura de algumas atividades econômicas e também religiosas, mas o baixo índice de isolamento social no Estado, em torno de 40%, pode levá-lo a rever as medidas. Segundo o próprio governador já esclareceu, a abertura e o fechamento de empresas pode ser constantemente revisto conforme o avanço da covid-19.

Com informações do site Valor Econômico

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator