Connect with us

Política

Ronaldo Caiado promete acabar com a prática da “ambulancioterapia” e diz que vai mudar o conceito de saúde em Goiás

Declarações do governador foram feitas durante visita ao Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) na manhã desta terça-feria, 26/05. O democrata se comprometeu com a regionalização da Saúde e com a oferta de atendimento de qualidade a pacientes de todas as regiões do Estado

Published

on

Em entrevista durante sua visita ao Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin), na região metropolitana de Goiânia, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), prometeu mudar o conceito de saúde pública em Goiás, afirmando que vai trabalhar para acabar com a prática da “ambulancioterapia”, que consiste na ação de enviar para Goiânia os pacientes de cidades do interior para eventuais tratamento de saúde, o que é feito, frequentemente, por meio de uma ambulância.

Com a falta de unidades de saúde regionais e a não aplicação do mínimo constitucional na saúde do Estado nos últimos anos do governo do tucano Marconi Perillo, conforme mostram ações em curso do Ministério Público de Goiás, pacientes de municípios do interior do Estado são obrigados a procurar socorro médico em Goiânia, fato que tem sobrecarregado a saúde da capital.

“Em nosso governo, o dinheiro da saúde é para ser revertido em qualidade de saúde para a população. O goiano tem que ter direito a um atendimento médico de qualidade e não a uma ambulância para ser deslocado. Vamos mudar o conceito de Saúde no Estado de Goiás”, anunciou Caiado durante a visita a nova ala de UTIs do Hutrin, que recebeu seis leitos equipados com ventiladores pulmonares e monitores, que serão, a princípio, usados para tratamento de pacientes com Covid-19.

Dentro desse processo de regionalização da Saúde em Goiás, o governador Ronaldo Caiado já estadualizou o hospital de Luziânia, inaugurado na última semana e que conta com 10 leitos de UTIs em funcionamento. Também já foram repassados para a administração do Estado os hospitais de Jataí, na região Sudoeste do Estado; de Itumbiara, no Sul; de São Luís de Montes Belos, na região Oeste; e o de Formosa, no Entorno do Distrito Federal. São unidades que estão sendo equipadas e preparadas pelo Governo de Goiás para fazer o atendimento de casos mais graves da Covid-19.

No município de Porangatu, uma parceria com a prefeitura da cidade possibilitará ainda a abertura de novos leitos para terapia intensiva. Além de Luziânia e Formosa, para beneficiar o Entorno, o Governo de Goiás deve abrir, na próxima segunda-feira (1º/06), o Hospital de Campanha de Águas Lindas com atendimento exclusivo para pacientes com coronavírus. A estrutura física foi entregue pelo governo federal ao Estado ontem (25/05). “A estrutura de regionalização será criada em Goiás, ela vai funcionar”, enfatizou o governador Ronaldo Caiado.

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator