Connect with us

Política

“Tem político que quer ser adulado para votar a favor do povo”, afirma secretário do Governo Caiado em crítica a senadores

Ernesto Roller, secretário de Governo e responsável pela articulação política do atual Governo de Goiás, critica a resistência de alguns senadores da República em votarem o Projeto de Lei Complementar 149, que trata do socorro da União aos estados e municípios. A proposta foi aprovada na Câmara no último dia 13 de abril.

Published

on

O secretário de Governo do Estado de Goiás, Ernesto Roller, ex-deputado e ex-prefeito de Formosa, cidade a 300 km de Goiânia, usou as redes sociais para criticar a resistência de alguns senadores quanto à aprovação do Projeto de Lei Complementar 149, que trata da ajuda da União a estados e municípios. A proposta já foi aprovada com folga na Câmara dos Deputados: 431 votos a favor e 77 contra.

Roller usou sua conta no Twitter para criticar a demora e o comportamento de alguns senadores em relação à matéria, que, segundo ele, é de extrema importância para os entes subnacionais em meio à guerra travada contra a pandemia do coronavírus. Para o secretário do Governo Caiado, alguns senadores buscam uma compensação política por uma medida que é de extrema necessidade para o povo brasileiro e critica essa tática.

“Tem político que quer se adulado para votar a favor do seu povo! Uma pena, pois o maior gesto foi feito pelo eleitor ao lhe confiar o mandato que deveria ser cumprido sem frescuras. Goiano vota a favor dos goianos, qualquer coisa diferente é uma desonra à confiança da população”, escreveu, numa clara alusão aos senadores goianos que não estariam, segundo ele, empenhados em ajudar o Estado.

O projeto que aguarda aprovação do Senado prevê a recomposição financeira das perdas com a arrecadação do ICMS e ISS a estados e municípios, garantindo o repasse dos valores referentes a 2019. Além disso, o entes da federação poderão suspender o pagamento de dívidas com a União, Caixa Econômica Federal e BNDES. Os senadores que resistem ao projeto querem que os estados e município garantam contrapartidas à União, o que, na visão do secretário Ernesto Roller, é impensável neste momento de aguda crise, e arremata:

“Aqueles que se colocarem contra o projeto serão vistos como aqueles que se colocaram contra o povo. O nosso pleito aos senadores é que votem a favor dos goianos. O que está em jogo são as vidas dos goianos, dos brasileiros. Isso não pode ser politizado. É rápida, urgente e necessária a aprovação desse projeto. Este é o momento de poupar vidas”.

 

 

Copyright © 2020 - Nos Opinando - Liberdade de opinião em primeiro lugar. Shared By Fancy Text Generator